/ Eventos Institucionais / Campus supera limitações, realiza SEPIN local virtualmente e demarca a pesquisa e a extensão

Campus supera limitações, realiza SEPIN local virtualmente e demarca a pesquisa e a extensão

Publicado em

O ano de 2020 ficará marcado no Instituto Federal do Paraná como sendo um ano repleto de superações frente aos desafios impostos pela pandemia. Se o ensino, a característica mais marcante de uma instituição educacional, foi (e ainda está sendo) atingido pela necessidade de adaptação às atividades não presenciais, o que dizer da pesquisa e da extensão, os outros dois pilares institucionais? O SE2PIN responde.

O Seminário de Ensino, Extensão, Pesquisa e Inovação (SE2PIN) é anual e tem por objetivo a apresentação de todos os projetos em andamento, também servindo como seleção para a sua versão estadual, promovida pela Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PROEPPI), o maior evento institucional do IFPR. Em Jacarezinho, é um dos principais momentos para demonstrar à sociedade o que é realizado no campus. Em virtude das restrições necessárias para conter a proliferação do vírus, a edição de 2020 ocorreu entre os dias 15 e 18 de dezembro virtualmente e contou com a participação de 16 projetos.

Ao longo de 2020, a Coordenação de Pesquisa e Extensão do Campus Jacarezinho, representada pela Profa. Drª Maria Fernanda Bianco Gução, tem concentrado esforços para articular e viabilizar soluções para que os projetos de pesquisa e extensão tivessem condições mínimas para darem prosseguimento às suas atividades. Adaptações, reestruturações e diálogo foram fundamentais para não deixar arrefecer iniciativas tão importantes para o desenvolvimento científico e articulação com a sociedade.

O resultado desse empenho pode ser conferido nas mais diversas iniciativas que colocaram a ciência à serviço da comunidade para enfrentar a pandemia, como a produção de álcool em gel para doação, entre outras iniciativas. Além dessas ações específicas, o campus também manteve outras atividades de ensino, pesquisa, extensão e inovação em funcionamento, por voluntariado ou bolsas de fomento (via editais), envolvendo estudantes do integrado, do subsequente e da graduação. Aqueles que tiveram condições de prosseguir trabalhando, foram apresentados no SE2PIN.

Segundo Gução, “Política, música, sociologia, educação, inclusão, meio ambiente, inovação, tecnologia, formação de professores e extensão são as palavras que descrevem o evento desse ano”.

Além disso, o SE2PIN contou com apresentações artístico-culturais, uma marca registrada do campus.

 

Figura 2 – Estudante do ensino médio integrado faz apresentação musical para o evento

 

Em adendo, sobre os planos para 2021, a coordenadora coloca que “Esperamos que, no ano que vem, seja presencial, mas o formato desse ano permanecerá como forma de comunicar as ações para além dos muros do Campus.”

Topo